Belo-horizontinos de 66 anos recebem, nesta terça-feira (18), a segunda dose da CoronaVac, imunizante que protege contra a Covid-19. A aplicação neste grupo prioritário, que estava em atraso na capital por falta de doses, ocorre das 7h30 às 16h30, em pontos fixos, e das 8h às 16h30, no sistema drive-thru. Os endereços estão disponíveis neste link.

Na quarta-feira (19), a aplicação será em idosos de 65 anos. A imunização foi possível após o recebimento de uma remessa, com 65,2 mil doses. O quantitativo, conforme informou a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), irá completar o esquema vacinal de 49 mil pessoas.  

Confira a programação:

  • Terça-feira (18/5): segunda dose da CoronaVac para idosos de 66 anos;
  • Quarta-feira (19/5): segunda dose da CoronaVac para idosos de 65 anos; 

Para completar a imunização é necessário levar o documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além do cartão de vacinação que conste a aplicação da primeira dose. A Secretaria Municipal de Saúde reforçou que as vacinas para esses públicos estão garantidas, não sendo necessário chegar aos locais antes do horário inicial. 

Idosos de 64 anos e trabalhadores da saúde de 43 a 49 anos 

Segundo o Executivo municipal, após a conclusão do esquema vacinal dos idosos de 66 e 65 anos, o estoque será avaliado e, sendo suficiente, será aberta a aplicação de segunda dose em idosos de 64 anos e trabalhadores da saúde de 43 a 49 anos.

Leia mais:
Minas recebe nova remessa com 508 mil doses de Astrazeneca, CoronaVac e Pfizer a partir desta terça
Frascos de CoronaVac não estão com menos doses, conclui Anvisa
Mortes por Covid-19 ultrapassam a marca de 436 mil no país