Mais de 175 mil pessoas com comorbidades, gestantes e mães recentes têm até este domingo para se cadastrarem junto à Prefeitura de BH e garantir a vacina contra a Covid-19. O número é uma previsão que leva em conta a campanha contra a gripe do ano passado. Nessa sexta-feira, o público-alvo da imunização contra o coronavírus foi ampliado na capital, que passará a proteger maiores de 34 anos com doenças crônicas.

Na primeira fase do cadastramento, encerrada em 3 de maio, 114 mil moradores se registraram. A expectativa da gestão municipal, somando as duas etapas, é que 290 mil moradores com comorbidades sejam vacinados.

A prefeitura reforça que nem todas as inscrições são válidas, o que pode reduzir o número. “O cadastro é justamente para lapidar essa informação, dividir por grupo e faixa etária para que possamos organizar melhor a vacinação”, afirmou o subsecretário de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica, Fabiano Pimenta.

Conforme o boletim epidemiológico da PBH, pouco mais de 26 mil belo-horizontinos desse público-alvo receberam a dose inicial. Segundo o subsecretário, o número ainda é baixo, pois a distribuição é feita de forma escalonada, além das características do imunizante usado atualmente, o que diminui a velocidade da aplicação.

“A Pfizer tem uma especificidade que torna o potencial de pessoas vacinadas por dia menor, porque tem de fazer uma diluição da vacina, pois vêm em pó”, explicou. Para tentar acelerar o processo, a prefeitura aumentou o número de postos fixos e passou a disponibilizar a dose por meio do sistema drive-thru.

Balanço
Ao todo, levando em conta todas as vacinas disponibilizadas (CoronaVac, Astrazeneca e Pfizer) 650 mil pessoas receberam a primeira dose na capital – 289 mil contempladas com o reforço.

“Infelizmente, tivemos uma série de acidentes de percurso na disponibilização da vacina. Com certeza gostaríamos de entrar nessa época do ano com uma proporção muito maior de belo-horizontinos vacinados, e temos estrutura para isso, mas a limitação tem sido a vacina”, diz Pimenta.