A vacinação contra a Covid-19 para pessoas entre 50 e 52 anos com comorbidades, além de grávidas e puérperas, ocorreu com atendimento rápido na manhã desta quarta-feira (12) em postos de Belo Horizonte, como o Cabana e o Betânia, ambos na região Oeste. A situação é diferente do visto na segunda-feira (10), quando cidadãos precisaram enfrentar filas que chegavam a três quarteirões.

O padeiro Edivaldo Antônio da Silva, de 51 anos, tem diabetes e pressão alta. Ele foi ao Centro de Saúde Cabana, na região Oeste de BH, e recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer. Agora, aguardará até 4 de agosto para receber o reforço. "Estou feliz. Quem já pode tomar, tem que tomar, com certeza. Essa é a nossa única arma. A ciência é tudo", declarou.

A secretária aposentada Rosemeire Tabelini, de 58 anos, foi ao mesmo posto para obter mais informações sobre a vacinação. Ela elogiou o atendimento. "Tem médica, assistentes, e toda a documentação da prefeitura. Eles informam quem pode se vacinar, quem não pode ainda", contou.

0993e897-a25d-4629-a1f0-fa070f2da122.jpg

Edivaldo recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer

Condições

Nesta quarta, a vacinação é focada em pessoas com comorbidades, de 50, 51 e 52 anos, completos até 31 de maio. Também são imunizadas gestantes e puérperas (que tenham tido bebê até 45 dias atrás), com doenças preexistentes e com idades a partir de 18 anos, também completos até 31 de maio. A imunização ocorre das 8h às 16h, nos pontos fixos exclusivos (veja aqui).

Para ter direito à vacinação, é necessário apresentar exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro, devendo conter o número do registro do respectivo conselho de classe, de forma legível. Em caso de informações inverídicas, o cidadão ficará sujeito às responsabilizações administrativas, civis e penais aplicáveis.

Além disso, é preciso apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência em BH. O interessado também não pode ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias, nem ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias. Para quem perdeu o prazo de cadastro, a PBH explicou que reabrirá o formulário nesta quinta-feira (13), e fechará novamente no domingo (16).

2bdf7262-0674-42e0-a642-a16c67a55b5e.jpg

Rosemeire procurou posto para se informar sobre a vacinação

A vacinação contra a Covid para pessoas com comorbidades, com síndrome de Down e com deficiência permanente inscritas no programa Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de doença renal crônica e gestantes e puérperas, teve início na sexta-feira (7).

Já gestantes e puérperas com idades acima de 40 anos e sem comorbidades não receberão a vacina neste momento. Há uma orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a suspensão da imunização nesse público com a vacina AstraZeneca.

* Com Lucas Prates

Leia mais:
Vídeo: Anvisa recomenda e gestantes não serão vacinadas com imunizante da AstraZeneca em BH e MG
Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia
Produção de grãos cresce 5,7% e chega a 271,7 milhões de toneladas