A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar a entrega de um pacote contendo um artefato explosivo em um lar de idosos de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na manhã desta segunda-feira (10).

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar, o Grupo Antibomba da Polícia Federal e o Corpo de Bombeiros estiveram na instituição, que fica no bairro Patrimônio, e detonaram a bomba

Segundo a polícia, a administração do local informou que recebeu o pacote como se fosse um presente para os idosos e, ao abrir a encomenda, se depararou com um emaranhado de fios e baterias. Ao perceber que poderia se tratar de uma bomba, acionaram a polícia. A área foi isolada e parte do prédio evacuado. Em seguida, agentes da PF realizaram a detonação da carga do artefato dentro do almoxarifado do lar. 

Ainda segundo a polícia, testemunhas já foram ouvidas e todo o material foi enviado para a perícia.

Leia Mais:
Belo Horizonte registra aumento nos três indicadores da pandemia durante o fim de semana
Kalil diz que BH pode vacinar até 50 mil pessoas por dia contra a Covid-19