A TIM Brasil divulgou, nesta segunda-feira (10), que iniciou ações de publicidade em muros de casas de famílias de três comunidades de Belo Horizonte. O objetivo, segundo a empresa, é gerar renda aos moradores.

Na capital mineira, a locação mensal dos muros ocorre na Cabana do Pai Tomás, na região Oeste, e Taquaril e Alto Vera Cruz, ambas na zona Leste. De acordo com a operadora de telefonia, a ideia faz parte das práticas ESG (Environmental, social and corporate governance), ou seja, iniciativas ambientais, sociais e de governança de um negócio. 

"Este é um momento em que as empresas podem ocupar um papel de protagonismo na sociedade, fortalecendo a conexão entre a marca e as pessoas. Buscamos ultrapassar a fronteira do serviço e gerar desenvolvimento em locais impactados pelos efeitos da pandemia da Covid-19", afirmou Daniel Oliveira, diretor comercial da regional Sudeste da TIM Brasil.

As peças publicitárias trazem anúncios dos planos da operadora e, além de BH, já estão sendo usadas em áreas carentes de Fortaleza, Salvador, Recife e João Pessoa.

Além do aluguel, a empresa informou que tem destinado cestas básicas para o G10, bloco das dez maiores favelas do Brasil.

Leia mais:
Zema anuncia R$ 17,5 milhões para retomada do turismo e lança selo para estabelecimentos seguros
Há 38 anos, rádio MEC FM leva música clássica mundial à população
Obra de Caio Fernando Abreu é analisada por Martha Medeiros no 'Letra em Cena'