A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) informou, nesta segunda-feira (10), que ainda não foi notificada pelas autoridades de saúde de Minas sobre a quantidade de doses da CoronaVac que serão disponibilizadas ao município. No sábado, o Estado recebeu uma remessa de 100 mil doses do imunizante para a segunda aplicação em idosos entre 64 e 67 anos. 

Segundo o Executivo, são necessárias 80 mil vacinas para que o grupo seja protegido por completo e concluam o esquema vacinal. Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde tem estoque de aproximadamente 10 mil doses. Por conta do baixo quantitativo, a distribuição do reforço está suspensa desde a semana passada.

Em nota, a PBH informou que fará a retirada das doses assim que autorizada pela Secretaria de Estado de Saúde. Após o recebimento, novos grupos para vacinação serão anunciados. Procurada pelo Hoje em Dia, a SES não respondeu até a publicação da matéria. 

Novo lote

Belo Horizonte recebe, nesta segunda, o segundo lote de vacinas da Pfizer. A previsão é de que mais de 112 mil unidades cheguem hoje à noite no Aeroporto Internacional em Confins, na região metropolitana. Semana passada, 50.310 unidades do imunizante já haviam sido enviadas à metrópole.

A nova remessa dará continuidade à vacinação de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, além dos moradores com deficiência permanente. Por meio de nota, a prefeitura informou que aguarda informações sobre as vacinas que serão repassadas ao município e que fará a retirada assim que autorizada. 

*Com informações de Marina Proton

Leia mais:

Covid-19: BH recebe mais 112 mil doses da vacina da Pfizer
Grande BH inicia nova fase de vacinação contra Covid para quem tem comorbidades; veja faixas etárias