Com a chegada de novas remessas da vacina, municípios da Grande BH ampliam a imunização contra a Covid-19 nesta semana. Belo Horizonte vai proteger hoje os moradores com comorbidades de 55 e 56 anos, completados até 31 de maio. A meta é imunizar 10 mil pessoas com doenças crônicas na capital.

Os moradores da metrópole desta faixa etária– que preencheram o cadastro no portal da prefeitura – receberão o imunizante da Pfizer. As doses precisam ser armazenadas em condições especiais e, por isso, serão distribuídas em postos exclusivos, que têm capacidade para guardar os produtos em baixas temperaturas (clique aqui e veja os endereços).

Exames, receitas, relatório ou prescrição médica devem ser apresentados. O documento precisa ter sido emitido em até 12 meses. Também é preciso apresentar documento de identidade e comprovante de residência, além de não ter recebido qualquer outra vacina há duas semanas.

Grávidas e mães recentes com comorbidades, pessoas com síndrome de Down e pacientes que fazem diálise serão vacinados nesta semana em Nova Lima, Ibirité e Brumadinho

A proteção dos belo-horizontinos com comorbidades começou sexta-feira. O grupo contempla pessoas com síndrome de Down, deficiência permanente inscritas no programa Benefício de Prestação Continuada (BPC), doença renal crônica e gestantes e puérperas. Conforme a prefeitura, foram registrados 114 mil cadastros.

Até o momento, BH confirmou quase 185 mil casos de Covid-19. Ao todo, 4.495 pessoas já morreram por complicações da doença.

Grande BH

Em Contagem, na região metropolitana, começa hoje a vacinação de pessoas com deficiência permanente, cadastradas no BCP, de 55 a 59 anos. Já em Santa Luzia, também na Grande BH, grávidas de alto risco e mães há menos de 45 dias, de 18 a 59, receberão a vacina nesta segunda-feira. 

10 mil pessoas de 55 e 56 anos, com comorbidades, devem ser vacinadas na capital a partir de hoje

Nova Lima, Ibirité e Brumadinho iniciam a aplicação das doses em grávidas e puérperas com comorbidades, pacientes que fazem diálise e pessoas com síndrome de Down. 

Todos devem ter de 18 a 59 anos. Além disso, serão contemplados moradores com doenças cônicas e deficiência de 55 a 59 anos.

Leia também:
Saúde anuncia distribuição de 1,12 milhão de vacinas da Pfizer a partir desta segunda
Após lotação nos centros de saúde, PBH amplia pontos para vacinar pessoas com comorbidades nesta 2ª
Jejum faz bem? Confira orientações de especialistas sobre essa prática tão divulgada