Devido à grande procura por imunizantes contra o Covid-19 por pessoas de 57 a 59 anos com comorbidades, em Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) vai dobrar o número de pontos de vacinação a partir desta segunda-feira (10) na capital. No último sábado (9), os 18 locais de aplicação das doses registraram lotação. Agora, serão 36 unidades atendendo a esse público.

Passam a ser quatro unidades por regional, na tentativa de evitar filas e exposição de quem tem direito a tomar o imunizante. A partir desta segunda, tem início a vacinação dos moradores de 55 e 56 anos, com comorbidades.

Nesta etapa da campanha, a Prefeitura de Belo Horizonte passou a utilizar o imunizante da Pfizer, que exige armazenamento com refrigeração entre -15 e -25 °C (segundo nova regulamentação da Anvisa, em abril). Apesar de ser menos rigorosa que os anteriores 80°C negativos, ainda assim, a manipulação do medicamento demanda cuidados, o que impede atendimento por drive-thru, segundo recomendação do Ministério da Saúde.

E, por ser em pontos com maior concentração de pessoas, a duplicação dos postos busca evitar aglomerações. Para agilizar o processo, a PBH explica que a conferência de documentos é feita na própria fila.

Confira os locais de vacinação aqui!

Leia Mais:
Isolamento social mudou as relações entre mães e filhos
Minas supera a marca de 36 mil mortes pela Covid-19
BH registra 464 casos de dengue neste ano; 712 exames ainda estão pendentes de resultados