A vacinação contra a Covid-19 em Belo Horizonte neste sábado (8) vai ser exclusivamente para pessoas com comorbidades que preencheram o cadastro até a última segunda-feira (3). Serão imunizados os moradores de 57 a 59 anos, completos até 31 de maio. 

A aplicação dos inoculantes neste público, com a dose da Pfizer, será em pontos fixos exclusivos, das 8h às 16h. Veja os endereços no site da PBH. Segundo a prefeitura, o grupo com comorbidades receberá a proteção de forma gradativa e condicionado ao recebimento de novas remessas de compostos químicos.

Além de ter preenchido o formulário, é necessário levar, na hora da vacinação, documentos como exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica. Esse material deve conter o nome e o número do registro do profissional no respectivo conselho de classe, de forma legível, e ter sido emitido em até 12 meses antes da data do cadastro.

"Todas as declarações apresentadas são de total responsabilidade da pessoa e de quem os emitiu. Além disso, o cadastro será enviado aos órgãos de controle externo e, em caso de informações inverídicas, ficarão sujeitos às responsabilizações administrativas, civis e penais aplicáveis", destacou a prefeitura.

No momento da vacinação, o público precisa seguir as seguintes orientações:

- Apresentar exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro;

- Apresentar documento de identificação com foto;

- Apresentar comprovante de residência em Belo Horizonte;

- Ter preenchido cadastro para a vacinação, de forma válida, até 23h59 de 3 de maio;

- Não ter recebido vacina contra a Covid-19;

- Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias; 

- Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Cadastro

De acordo com o Executivo municipal, foram registrados 102.039 cadastros válidos de pessoas com comorbidades e 12.221 de gestantes e puérperas. Os dados excluem duplicidade, erros de preenchimento e residentes de outros municípios. As pessoas de 18 a 59 anos com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) não precisam se inscrever.

O cadastro de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas será reaberto assim que a Secretaria Municipal de Saúde receber informações de novas remessas para vacinar esses grupos.

Leia Mais:
Ao vivo: Saúde faz coletiva sobre Plano Nacional de Vacinação
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose contra a Covid esta semana
Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir