Vítima da Covid-19, Paulo Gustavo foi um dos humoristas mais populares do Brasil. Além de recordes de bilheterias com três edições do filme “Minha Mãe é uma Peça”, ele estrelou e participou de outras diversas produções e peças brasileiras que fizeram sucesso. Aos 42 anos, o artista, que estava internado desde o último dia 13 de março, morreu na noite dessa terça-feira (4), em decorrência de complicações da doença.

O legado do humorista, porém, ficou eternizado em personagens marcantes, como Dona Hermínia, protagonista da série de filmes que se tornou um fenômeno no cinema. Na época, “Minha Mãe é uma Peça 3” se tornou a maior bilheteria do cinema nacional e ultrapassou a marca de 10 milhões de espectadores.

Além da série de sucesso, Paulo Gustavo também estrelou filmes como “Divã”, “Os Homens São de Marte ... E É Pra Lá Que Eu Vou”, “Vai que Cola” e “Minha Vida em Marte”.

Leia mais:
Ator Paulo Gustavo morre vítima da Covid-19 no Rio de Janeiro, aos 42 anos
Corpo de Paulo Gustavo deve ser velado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Confira os filmes de maior sucesso do humorista:

A Guerra dos Rocha (2008)

Xuxa em O Mistério da Feiurinha (2009)

Divã (2009)

O Homens São de Martes... E é Pra Lá Que Eu Vou (2014)

Vai Que Cola - O Filme (2015)

Fala Sério, Mãe (2017)

Minha Vida em Marte (2018)

Minha Mãe é Uma Peça (2013)

Minha Mãe é Uma Peça 2 (2016)

Minha Mãe é Uma Peça 3 (2019)