O PV de Minas Gerais comunicou neste domingo (2) a abertura de um processo disciplinar junto ao conselho de Ética do partido para apurar a promoção de uma festa pelo vereador Guilherme Morais (PV), nesse sábado (1º), em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonteande BH.

"É desolador que no momento em que o Brasil alcançou a triste marca de mais de 400 mil vidas perdidas em decorrência do novo coronavírus, dentre as quais mais de 30 mil mineiros, atitudes insistam em comemorações com aglomerações irresponsáveis. O PV-MG enfatiza que tais atitudes ferem um dos 12 valores defendidos pelo partido, estatutariamente, a cidadania, que consiste na primazia da vida em comunidade e no respeito aos direitos coletivos", diz a nota. 

No comunicado, o presidente do PV de Minas Gerais, Osvander Valadão, ressaltou ainda que o Partido Verde faz oposição ao Governo Bolsonaro e refuta todas as atitudes negacionistas. "

A reportagem não conseguiu falar com o vereador Guilherme Morais.