Parte do centro comercial atingido por um caminhão na última quarta-feira (21), no bairro Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte, segue interditado dois dias após o acidente. A fachada e uma loja destruídas passam por reconstrução nesta sexta-feira (23) (veja fotos abaixo).

Nessa quinta-feira (22), o estabelecimento comercial foi preventivamente isolado pela Defesa Civil. Na ocasião, o órgão afirmou que a colisão causou o desabamento de parte do edifício e danificou a estrutura do imóvel.

Na quarta, segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caminhão, que transportava mármores e tinha placa do Espírito Santo, descia a rua Rubens Caporali Ribeiro em alta velocidade, quando atravessou a avenida Mário Werneck e colidiu contra o edifício. O motorista, de 30 anos, morreu no local. Uma mulher, de 59, que estava na calçada, foi atingida pelo veículo. Ela foi socorrida com ferimentos leves e encaminhada ao Hospital João XXIII.

Segundo relatos de testemunhas, o condutor fazia "zigue-zague", invadindo a contramão, e buzinava continuamente. Há indícios de que o veículo teria perdido os freios e, por isso, o condutor tentou reduzir a velocidade da carreta com as manobras e orientar que estava sem controle através do sinal sonoro. Além do centro comercial e da loja, o veículo também atingiu outros carros que estavam no local.

(*) Com informações de Lucas Prates

Leia mais: 
Carreta carregada com milho tomba e interdita BR-040, em Itabirito
Caminhão capota, deixa um morto e interdita parte da MG-30, em Nova Lima; veja vídeo

Defesa Civil isola parte de centro comercial atingido por caminhão no Buritis, em BH; veja vídeo