A Prefeitura de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, confirmou nesta quinta-feira (22) que o deputado estadual Irineu Inácio da Silva (PSL) furou a fila na vacinação contra a Covid-19. 

"A Ouvidoria e a Corregedoria Municipal registraram oitivas dos servidores envolvidos e realizaram diligências na Unidade Básica de Saúde Vila Cristina, onde o fato ocorreu. Ao analisar os dados cadastrados no sistema dos imunizantes aplicados, a auditoria constatou que, de fato, a vacinação irregular foi realizada no dia 14 de abril, às 14h", diz a nota.

A gerente responsável pela unidade onde a dose foi aplicada foi substituída, conforme publicação no Diário Oficial do município no último sábado (16).

Ainda de acordo com a prefeitura "um relatório completo da auditoria será encaminhado à presidência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e ao Ministério Público, para que sejam tomadas as medidas cabíveis".

O deputado tem 63 anos, mas, quando tomou a dose, na semana passada, o município estava vacinando idosos de 65 anos ou mais. Em comunicado publicado em uma rede social, Professor Irineu, como é conhecido, confirmou a imunização. Ele afirmou que ligou para o posto de saúde e recebeu a informação de que pessoas com 63 anos estavam sendo imunizadas. Mas, quando chegou chegou ao local foi informado que a vacinação estava sendo realizada em pessoas de 65 anos.

Ainda de acordo com a nota, ele foi orientado a aguardar e "caso houvesse sobra o mesmo poderia ser imunizado. E assim procedeu".

A reportagem do Hoje em Dia não conseguiu falar com o deputado.

Leia Mais:
Conmebol anuncia que receberá vacinas contra a Covid-19 na próxima quarta
Ex-miss e empresária de 38 anos morre após complicações da Covid-19 no Sul de Minas
Defensoria arrecada alimentos e produtos de higiene para moradores de rua de BH; veja como ajudar