Mais de 89 mil mineiros não receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19 dentro do prazo estabelecido, conforme o Ministério da Saúde. O atraso pode trazer riscos à saúde, pois a proteção contra o vírus só é obtida por completo após o reforço. 

“É muito importante que as pessoas respeitem o calendário vacinal. As duas vacinas aqui utilizadas preconizam duas doses e, caso a pessoa não tome a segunda, a produção de anticorpos será aquém do ideal. Com isso, ela pode entrar em contato com o vírus e ter um quadro grave da doença”, explica o infectologista e membro do Comitê de Enfrentamento à pandemia em Belo Horizonte, Unaí Tupinambás.

O especialista explica que as vacinas estimulam as defesas naturais, levando o organismo a produzir a própria blindagem contra o SARS-CoV-2. “É importantíssimo que as pessoas vejam no cartão de vacina a data de voltar à unidade de saúde”, acrescenta o infectologista.

Prazos

O prazo para retorno aos postos de saúde varia. A segunda aplicação da AstraZeneca pode ser administrada entre 4 e 12 semanas - ou seja, em até três meses - após a primeira. Já para a Coronavac, o esquema de imunização é de duas doses com intervalo de 2 a 4 semanas entre elas, ou 14 a 28 dias.

Zema alerta mineiros

Em uma publicação feita na manhã desta sexta-feira (16), nas redes sociais, o governador do Estado, Romeu Zema (Novo) orientou que os 89 mil mineiros retornem ao posto de saúde mais próximo. “Estudos mostram que a proteção contra o vírus só é efetiva com a segunda dose. Caso você tenha perdido o prazo, procure imediatamente o posto de saúde. Se você já recebeu a primeira dose, fique muito atento ao prazo para finalizar bem a sua imunização”.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), é responsabilidade dos municípios orientar os profissionais encarregados da vacinação sobre a necessidade de escrever no cartão o prazo para recebimento do reforço. Em caso de dúvida, a pasta recomenda que os mineiros procurem a unidade básica mais próxima ou o local onde foi aplicada a primeira dose.

Leia mais:
Taxa de infecção por Covid-19 no mundo está próxima do valor mais alto, diz OMS
Todas as atividades podem funcionar na Onda Vermelha do Minas Consciente; confira regras
Comitê Covid-19 analisa cenário da pandemia em BH nesta sexta-feira
Minas projeta que mortes por Covid continuem em alta nas próximas semanas