O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, anunciou, nesta quinta-feira (15), em coletiva na Cidade Administrativa, que Minas vai receber do Ministério da Saúde, até o fim da semana, novo lote de medicamentos do chamado “kit intubação”. Segundo o chefe da pasta, a situação dos insumos "continua difícil”.

“Iremos receber uma grande remessa nesse final da semana de medicamentos vindos de Xangai. O Ministério da Saúde fez essa compra, que será entregue hoje à noite em Guarulhos e será distribuído. Mas temos, também, as compras unilaterais do Estado sendo consolidadas com entrega até o fim da semana. Semana que vem, mais de 150 mil ampolas de sedativos de uma grande empresa brasileira”, afirmou o secretário.

Segundo Baccheretti, o desabastecimento preocupa. Em alguns casos, leitos precisaram ser fechados por falta de remédios. “Diante disso (nova remessa), nosso cenário mudou bastante de uma semana para cá”, disse.

Distribuição

O primeiro lote de fármacos destinados aos pacientes graves com o coronavírus deve chegar ainda hoje em Guarulhos. Segundo Baccheretti, um caminhão da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) já foi encaminhado a São Paulo para receber as unidades. Já a remessa que virá da China será distribuída pelo Ministério da Saúde posteriormente. 

“A maior, que vem de Xangai, vai primeiro para o almoxarifado do ministério para ser distribuída por via aérea. Estamos construindo toda a logística para que chegue muito rapidamente”, concluiu.

Leia mais:

Grande BH avança para a Onda Vermelha do Minas Consciente; confira íntegra do pronunciamento de Zema
Com 469 óbitos confirmados em 24h, mortes por Covid chegam a 29 mil em Minas