Exatos 89.122 mineiros não receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19 dentro do prazo estabelecido. O dado foi divulgado pelo Ministério da Saúde nessa terça-feira (13). O número é superior à população de 810 municípios do Estado. A comparação foi feita com base em estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

No Brasil, há 1,5 milhão de brasileiros na mesma situação. A pasta federal alerta que essas pessoas devem ir aos postos de saúde das cidades para regularizar a imunização.

Em Minas, a grande maioria dos atrasos está em doses do imunizante CoronaVac, desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan. Ao todo, 89.119 pessoas deixaram de tomar a vacina e apenas outras três não receberam a aplicação da AstraZeneca.  

Até o momento, a primeira dose já foi aplicada em 2,4 milhões de mineiros. Deste grupo, 776.537 tomaram a segunda aplicação, de acordo com os dados do vacinômetro, painel da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) que monitora a campanha em Minas.

(*) Com Agência Brasil

Leia mais:
Após 40 dias de portas fechadas, comerciantes aguardam com ansiedade reunião desta quarta na PBH
Mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020
BH vacina idosos de 63 anos a partir desta quarta-feira; confira locais