O primeiro-ministro francês, Jean Castex, afirmou, nesta terça-feira (13), que a França vai suspender, por tempo indeterminado, todos os voos com o Brasil como origem ou destino. A informação foi confirmada por agências de notícias internacionais.

“Tomamos conhecimento de que a situação está piorando e decidimos suspender todos os voos entre a França e o Brasil até segunda ordem”, afirmou Castex ao Parlamento.

Há um mês, o ministro da Saúde da França, Olivier Verán, já havia alertado que 6% dos casos de Covid-19 no país eram das variantes brasileira e sul-africana. Diante do avanço da doença no país europeu, o governo francês optou por paralisar as viagens com o Brasil.

Os viajantes que saiam do território brasileiro precisavam mostrar um teste negativo para o vírus ao chegar à França. Além disso, tinha de ficar em quarentena durante pelo menos 10 dias.

Além da França, Argentina e Portugal já suspenderam ou diminuíram a quantidade de voos de e para o Brasil para tentar conter a Covid.

Leia mais:

Ministro afirma que 1,5 milhão de brasileiros estão com segunda dose da vacina atrasada
Conmebol anuncia acordo com empresa chinesa para 50 mil doses de vacina contra Covid-19