O governador Romeu Zema (Novo) empossou, nesta terça-feira (13), o novo secretário de Desenvolvimento Econômico (Sede), Fernando Passalio. O administrador já atuava na pasta desde o início da gestão atual e, anteriormente, era secretário adjunto. Servidor de carreira, ele assume a vaga de Cássio Rocha de Azevedo, que solicitou desligamento do Executivo por questões de saúde.

Durante a posse, o novo titular da pasta lembrou a trajetória na Sede, onde começou como subsecretário de Desenvolvimento Regional. “Pude desenvolver várias ações para o crescimento do nosso Estado, como o programa Minas Livre para Crescer, que tornou Minas um Estado amigo de quem quer empreender e referência nacional”, disse.

Segundo ele, os desafios são enormes. "Mas os resultados vieram e foram gigantes. Hoje temos recordes, atraindo mais de R$ 118 bilhões em novos negócios e expansão daqueles que aqui estão e com geração de milhares de empregos diretos e indiretos”, completou Fernando Passalio, lembrando da chegada de grandes empresas ao estado, como Amazon, Mercado Livre, Grupo Petrópolis e a recente escolha do Grupo Stellantis para fixar sua sede na Fiat, em Betim.

Trajetória

Natural de Belo Horizonte, Fernando Passalio é administrador de empresas e gestor de instituições financeiras pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e pós-graduado em Auditoria Governamental pela Universidade Gama Filho. Também é formado em Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável, pela Universidade de Medellin, na Colômbia.

Foi empresário em diferentes ramos e possui mais de 15 anos de experiência no setor financeiro. Ingressou como servidor de carreira pela Secretaria de Estado de Fazenda – Receita Estadual, em 2008.  Iniciou sua trajetória na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico em 2009, atuando como superintendente estadual em diversas áreas temáticas de apoio ao setor produtivo.

(*) Com informações da Agência Minas

Leia mais:
Caixa paga nesta terça-feira auxílio emergencial a nascidos em abril
Justiça de Minas Gerais aceita pedido de recuperação judicial da Samarco
Polícia Civil indicia ex-secretários de Pimentel por desvios de R$ 855 milhões