O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou, nesta segunda-feira (12), mais um trecho da conversa telefônica que teve com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a CPI que busca apurar eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia da Covid-19. Na gravação, o chefe da nação ameaça agredir o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Nesse domingo (11), Kajuru já havia divulgado parte da ligação e foi criticado por Bolsonaro.

"Mas se você não participa, daí a canalhada lá do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse", afirmou o presidente da República, em gravação divulgada por Kajuru nesta segunda à rádio Bandeirantes. Randolfe foi autor do requerimento para instalação da CPI. O senador respondeu à fala de Bolsonaro, pelo Twitter.

"A violência costuma ser uma saída para os covardes que têm muito a esconder. Não irão nos intimidar! Especialmente porque sabemos que a fraqueza desse governo está em todos os âmbitos. Nossa única briga será pelo povo! Pela vacina e por comida na mesa!", declarou Randolfe.

Até o momento, Bolsonaro não comentou o assunto.

Leia mais:
ProUni: MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes
Bolsonaro participa de transmissão de comando da Aeronáutica
Diferença entre nascimentos e óbitos em Minas chega à menor marca histórica devido à pandemia