Uma remessa com 15 mil ampolas de medicamentos do chamado “kit intubação” chegará a Minas na tarde deste sábado (10), informou o governador Romeu Zema (Novo) nas redes sociais. O novo lote chega dias depois de o chefe do Executivo indicar que os hospitais mineiros estavam com estoques de sedativos muito baixos, podendo durar mais um dia. 

"Nesta tarde, vamos receber uma remessa de medicamentos para intubação do Ministério da Saúde. Estamos trabalhando intensamente para salvar vidas", publicou o gestor, no Twitter.

Mais cedo, o deputado federal Newton Cardoso Jr. (MDB) havia indicado a possibilidade de o Ministério da Saúde enviar um lote aos pacientes graves com Covid-19. “Boa notícia para Minas Gerais! Falei com o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a respeito da situação do Estado nessa pandemia. Ele disse que ainda hoje enviará kit intubação para melhor atendimento aos pacientes mais graves”, publicou Cardoso.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, está prevista a chegada de bloqueadores neuromusculares, direcionados a hospitais da rede pública que estão com menos de três dias de cobertura. "São mais de 15 mil ampolas de medicamentos essenciais ao kit intubação para manter a sedação dos pacientes internados na rede pública de Minas Gerais. Atualmente, o estoque de sedativos utilizados na intubação do paciente de Covid-19 encontra-se em nível não recomendável para o enfretamento da pandemia", disse o órgão, em nota.

Leia mais:

Postos de vacinação e drive-thru funcionam neste sábado em BH, mas só para a 2ª dose dos idosos
Minas registra 12 mil novos casos e 368 mortes por Covid-19 em 24 horas