O avanço da transmissão da Covid-19 em Belo Horizonte continua desafiando as autoridades sanitárias. As redes SUS e suplementar chegaram ao limite e há fila de espera para novos pacientes em estado grave.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico da PBH, divulgado nessa terça-feira (23), a ocupação dos leitos de UTI para Covid está em 102,3%, enquanto as enfermarias registram 87,9% de taxa de ocupação. O número médio de transmissão por infectado (RT) era de 1,16, o que significa que cada 100 infectados têm potencial para transmitir, em média, para outras 116 pessoas. 

Diante deste cenário, o prefeito Alexandre Kalil decidiu proibir o funcionamento dos supermercados e das padarias aos domingos, por tempo indeterminado. Mas o infectologista do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da PBH, Unaí Tupinambás, acredita que esses índices só vão ficar estáveis se houver um lockdown generalizado.

O infectologista Unaí Tupinambás conversa com a repórter Maria Amélia Ávila sobre a situação da Covid em BH e quais as medidas ainda podem ser tomadas para tentar controlar o avanço da doença na capital, nesta quarta-feira (24), às 17h45. A live será transmitida pelo Instagram do Hoje Em Dia.