A tarifa do metrô de Belo Horizonte sofrerá aumento neste domingo (21), passando dos atuais R$ 4,25 para R$ 4,50. A decisão da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), anunciada neste sábado, pega o usuário de surpresa, já que a empresa havia anunciado na quinta-feira passada que adiaria esse reajuste.

Esse acréscimo de 5,9% no valor do tíquete do trem metropolitano da capital mineira seria praticado, na realidade, a partir deste sábado (20). No entanto, a pedido do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a CBTU havia concordado em adiar a cobrança do novo valor até 17 de abril.

Acréscimos subsequentes

Desde maio de 2019, quando a passagem do modal custava R$ 1,80, sete aumentos foram feitos, sob a justificativa de que não houve nenhuma mudança em 13 anos. Assim, determinou-se um cronograma de acréscimos subsequentes no valor, até chegar a R$ 4,25, tarifa praticada desde 8 de março de 2020.

Leia mais:

Minas registra mais de 400 novos casos de Covid-19 por hora

Pampulha tem movimentação menor e mais fiscalização no primeiro sábado da Onda Roxa em BH

Quem já pode se vacinar contra a Covid-19 na capital mineira