Os indicadores de monitoramento da Covid-19 em Belo Horizonte seguem em alta e dois de três índices de monitoramento da doença estão em alerta vermelho. Segundo o boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (10), a taxa de ocupação das enfermarias ultrapassou a marca dos 70% e chegou à zona crítica da escala de risco, atingindo 71,6%. Em relação à véspera, o aumento foi de dois pontos percentuais.

A taxa de ocupação de leitos de UTI chegou a 86,1%. Já o número médio de transmissão por infectado está em alerta amarelo e atingiu 1,19, o que significa que cada 100 pessoas infectadas podem transmitir a doença para outras 119, em média. 

Ainda segundo o levantamento, a capital mineira tem 119.923 infectados pela Covid-19. Desses, 2.859 pacientes perderam a vida para a doença. Foram 27 óbitos em 24 horas. Outras 6.004 pacientes seguem em acompanhamento.

Vacinados

Até o momento, 145.555 belo-horizontinos foram imunizados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus. A segunda dose já foi aplicada em 73.169 moradores da capital.

Imunização idosos  

A Prefeitura de Belo Horizonte recebeu cerca de 37 mil novas doses de imunizantes contra a Covid-19, referente à sexta remessa entregue pelo Ministério da Saúde ao Governo de Minas na última semana, com 285.200 doses da CoronaVac.

Idosos de 81 anos podem ser vacinados contra o novo coronavírus a partir desta quarta-feira (10), na capital. A PBH espera vacinar cerca de 42 mil pessoas de 80 a 85 anos. Para conseguir atingir a meta, o executivo está seguindo um cronograma de vacinação que vai até sexta-feira (12).

Já a partir desta quinta-feira (11), o público alvo passa a ser os idosos com 79 anos. completos até 28 de fevereiro de 2021. A expectativa é imunizar cerca de 11,5 mil moradores da capital.

A prefeitura segue o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 do Ministério da Saúde. A orientação para a CoronaVac é reservar a 1ª e 2ª doses para todos os vacinados. A segunda dose deve ser aplicada em um intervalo entre duas e quatro semanas. As doses remanescentes desta remessa serão incorporadas para uso em uma nova faixa etária, assim que Belo Horizonte receber mais vacinas do Ministério.