Com Carnaval sem festas e blocos de rua, os ambulantes não terão a renda extra que o feriado proporciona. Por isso, a cervejaria Ambev criou um projeto para diminuir o impacto do cancelamento das festas.

Trata-se da plataforma "Ajude um Ambulante", que é operacionalizada em parceria com o app Zé Delivery e que tem expectativa de apoiar cerca de 20 mil em todo o Brasil, com um auxílio de até R$ 255 para cada. Para isso, os vendedores devem se cadastrar na plataforma pelo site www.ajudeumambulante.com.br.

De acordo com a Ambev, com a aprovação do cadastro, o ambulante receberá o valor de R$ 150 e, também, um código para distribuir a consumidores, podendo receber R$ 5 a cada vez que o código for utilizado no Zé Delivery, com máximo de 20 usos por ambulante.

Além disso, os trabalhadores que fizerem um curso profissionalizante sobre consumo responsável de álcool, que está disponível na própria plataforma, vão receber R$ 5 extras.

"Os ambulantes sempre estiveram com a gente e com os nossos consumidores nos carnavais e esse ano não podia ser diferente. Estamos muito felizes de poder ajudar quem sempre fez parte do nosso ecossistema", afirmou Jean Jereissati, CEO da Ambev.

A cervejaria também anunciou que dará outro destino para as caixas térmicas que são usadas pelos vendedores ambulantes durante os bloquinhos. Segundo a empresa, 5 mil unidades vão ser doadas para postos de saúde espalhados pelo país para uso no armazenamento e transporte de vacinas contra Covid-19.

Conforme a Ambev, as caixas térmicas têm capacidade para armazenar três milhões de doses simultaneamente.

Leia mais:
Pelo menos 13 pessoas já morreram vítimas das chuvas em Minas
Crime do sapatinho: jovem é preso após sequestrar bancário e roubar R$ 450 mil no Sul de MG
Petrobras aumenta preço da gasolina em cerca de 8% nas refinarias