Dois homens e uma mulher, todos idosos e moradores do Lar Vicentino São José, em Nova Era, na região Central de Minas Gerais, morreram após contaminação pela Covid-19. A informação foi divulgada pelo próprio asilo em postagem nas redes sociais na última sexta-feira (18).

De acordo com o lar, 22 idosos e sete funcionários da casa passaram por testagem via RT-PCR, considerado o exame de detecção mais seguro, e tiveram resultados positivos para a enfermidade causada pelo coronavírus.

Além dos três idosos que morreram, um quarto residente do lar está internado em estado grave.

Em nota, o asilo lamentou a situação e afirmou que o caso ocorreu apesar dos esforços feitos pelo espaço, que incluem a realização de testes em colaboradores, a disponibilização de EPI's, a restrição de entrada de terceiros e a introdução de protocolos orientados pelos órgãos de saúde. 

"O LVSJ está trabalhando incansalvamente para minimizar as consequências dessa terrível doença e não medirá esforços para tomar todas as possíveis medidas para resguardar a segurança dos internos e colaboradores", afirmou o lar.

Sem visitas

O asilo ainda pediu às famílias que têm idosos em moradia no lar que busquem informações sobre o estado de saúde de cada um deles por telefone, já que as visitas estão proibidas. 

O contato deve ser feito com pelos telefones (31) 99457-1144 e (31) 98804-5788.

Doações

Instituição beneficente, o Lar Vicentino São José está necessitando de doações de diversos itens, incluindo água de coco e bebidas isotônicas para hidratação dos idosos.

Hoje(21/12/2020) agradecemos todas as doações recebidas e solicitamos ainda alguns itens de suma necessidade para a hidratação dos nossos idosos. ❤

Publicado por Lar Vicentino São José de Nova Era em Segunda-feira, 21 de dezembro de 2020