As portas do BH Resolve ficarão fechadas nesta quarta-feira (19), segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Belo Horizonte (Sindibel), Célia Lelis. O motivo é a paralisação de cerca de 200 servidores municipais que trabalham no atendimento da Prefeitura de Belo Horizonte.

Por volta das 9h30, eles deram início a uma manifestação na rua Caetés, entre as ruas Espírito Santo e Rio de Janeiro, sentido Praça da Estação. O trânsito é lento na região, mas não foi interrompido.

Com carro de som, faixas e adesivos, eles reinvindicam que redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas semanais. Atualmente, o servidores trabalham oito horas por dia com atendimento ao público.

"Hoje faremos uma paralisação de advertência. Nossa intenção é que o prefeito Marcio Lacerda se reúna na primeira quinzena de janeiro e nos dê uma resposta positiva", disse Lelis.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que, apesar da paralisação, a população dispõe de outros meios para solicitar serviços, esclarecimentos e informações. O atendimento ao público pelo telefone 156 está funcionando normalmente e serviços e informações podem ser também solicitados pela internet.(portaldeservicos.pbh.gov.br). As agências do Serviço Nacional de Emprego (Sine) do Barreiro, Venda Nova e Centro estão funcionando normalmente, nos seguintes endereços:

- Sine Barreiro: Rua Barão de Coromandel, 982, Barreiro.
- Sine Centro / NIAT: Rua Espírito Santo, 505 / 1º andar, Centro.
- Sine Venda Nova: Rua Padre Pedro Pinto, 1055, Venda Nova.