O corpo da intercambista Nicole Vettori, de 17 anos, foi enterrado na tarde desta segunda-feira, em Conceição do Rio Verde, no Sul de Minas. O cortejo seguiu do Clube Recreativo da cidade em direção ao Cemitério Municipal onde aconteceu o sepultamento. 

 
Apesar da chuva fina que caía na hora, centenas de pessoas acompanharam a cerimônia de despedida da estudante que havia partido no dia 31 de agosto para fazer um intercâmbio no Canadá e acabou morrendo naquele país. 
 
Os familiares de Nicole disseram que aguardam maiores detalhes sobre a causa da morte da estudante, cujo diagnóstico foi de uma embolia pulmonar, mas o prazo para que a documentação canadense chegue ao Brasil é de 120 dias.  
 
O corpo da estudante, que faleceu na segunda-feira (10) passada, chegou ao aeroporto de São Paulo na noite deste domingo (16) e foi levado de carro para a cidade de Conceição do Rio Verde onde os familiares já aguardavam.
 
A família reservou o direito de primeiro ficar sozinha com o corpo da jove. Algum tempo depois, por volta de 8h30 da manhã desta segunda, o velório foi aberto ao público. 
 
De acordo com o morador da cidade, Mauro Mendes Maciel, centenas de moradores passaram pelo Clube Recreativo da cidade para rezar por Nicole ou prestar condolências à família. "Hoje é um dia muito triste aqui para todos. Parece que a cidade inteira está de luto", resumiu. 
 
De acordo com ele, os pais da menina e principalmente os avós são pessoas muito conhecidas na cidade que é pequena. "Não houve quem não ficasse sabendo e não se comovesse com a morte desta menina. Os pais estão arrasados demais e não é para menos, mandaram ela cheia de vida, de saúde e agora recebem assim". 
 
Os primeiros exames da necrópsia constataram que Nicole sofreu uma embolia pulmonar mas o diagnóstico continua a ser investigado pelos médicos do Canadá. A temperatura fria do país teria levado Nicole a adquirir uma gripe forte e há duas semanas ela se queixava de dores nas costas e dificuldades para respirar. A família orientou que ela procurasse por atendimento médico. Nicole foi então medicada mas como os sintomas voltaram ela retornou ao hospital onde foi internada e faleceu.