Pelo menos duas cidades mineiras anunciaram a adoção de barreiras sanitárias para conter o avanço da Covid-19. Em Campo Belo, região Centro-Oeste do Estado, a medida já será colocada em prática nesta segunda-feira.

De acordo com decreto publicado pela prefeitura neste domingo (22), as rodovias de acesso e entradas para a localidade terão estruturas fixas e móveis, todas elas monitoradas, a partir do meio-dia de segunda-feira (23). Ficam restritas a entrada e a saída de veículos, ressalvados casos de urgência.

Ainda conforme o documento, o ingresso ao município se dará exclusivamente através do trevo principal, localizado
na avenida Afonso Pena, confluências das BRs 354 e 369. Haverá triagem e comprovação da necessidade de entrada na cidade.
 
Zona da Mata

Já em Ubá, na Zona da Mata, a medida começa a valer na próxima terça-feira (24), em diversos pontos da cidade, como na MG-124 (Divinésia), MG-265 (Tocantins), MG-120 (Guidoval), dentre outros, incluindo estradas rurais. 

De acordo com a prefeitura, as estruturas deverão ser instaladas sob coordenação da Secretaria Municipal de Saúde. O Executivo garantiu que não haverá restrição ao direito de ir e vir das pessoas. Essas, porém, deverão ser identificadas e orientadas quanto à epidemia de Covid-19 e respeitar obrigatoriamente o período de quarentena. 

O município também determinou a partir de terça, por 15 dias, a suspensão das atividades comerciais e industriais, exceto farmácias, supermercados, distribuidoras de gás e postos de combustíveis, dentre outras. 

Serviços de tratamento e abastecimento de água, assistência médico-hospitalar e coleta de lixo continuam normalmente.

Leia Mais:
Casos confirmados de coronavírus em Minas sobem 53% em apenas 24 horas
Zema adotará medidas mais restritivas com possível intervenção compulsória: 'momento de guerra'
Uberlândia investiga morte relacionada ao coronavírus