Após o primeiro caso do novo coronavírus em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil criou o Comitê de Enfrentamento à Epidemia do Covid-19. O decreto foi assinado na manhã desta terça-feira (17). Participam do grupo de especialistas o Secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto; o presidente da Sociedade Mineira de Infectologia, Estevão Urbano; o também infectologista Carlos Starling, da Sociedade Mineira e Brasileira de Infectologia; além de professor da UFMG Unaí Tupinambás, que é doutor em doenças infecciosas e parasitárias.

O comitê, conforme a prefeitura, orientará sobre as medidas a serem adotadas para conter o vírus e evitar a sua propagação na cidade. Na segunda-feira (17), a capital mineira confirmou o primeiro caso do novo coronavírus. Trata-se de uma mulher, de 34 anos, que foi infectada em São Paulo. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), ela manteve contato com uma pessoa que chegou do exterior. Assim que teve sintomas de gripe, procurou o hospital.

Por causa do avanço da enfermidade em todo o Estado, além do município, o governo de Minas também determinou a suspensão das aulas

Números

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), Minas Gerais tem seis casos confirmados da Covid-19: Ipatinga, Divinópolis, Juiz de Fora (2), BH e Patrocínio. Nesta terça, o Ministério da Saúde confirmou a primeira morte pelo novo coronavírus no Brasil. A vítima é um paciente de São Paulo. Até então, o país tem 2.064 casos suspeitos com 234 confirmados.

Leia mais:
Governo de Minas e TJMG criam portaria para reduzir população carcerária e evitar avanço da Covid-19
Brasil confirma primeira morte por coronavírus
Exame em vereador Gabriel Azevedo testa positivo para novo coronavírus: 'se protejam'