A forte chuva que atingiu Belo Horizonte neste sábado (26), em pouco mais de uma hora, deixou diversos bairros da capital sem energia elétrica. A informação foi confirmada pela Cemig, que apontou a região Centro-Sul da cidade como a mais atingida até o momento.

O Corpo de Bombeiros, inclusive, foi acionado para resgatar pessoas presas em elevadores em dois lugares diferentes, um grupo no bairro Anchieta, na região Centro-Sul, e Manacás, na Pampulha. Os elevadores pararam de funcionar devido à falta de energia elétrica.

Entre os bairros citados como exemplo de onde falta energia estão Funcionários e Santa Efigênia, na Centro-Sul, e Prado, no Oeste de BH. A companhia informou que equipes já atuam nas ocorrências.

A Defesa Civil informou, ainda, que foram registrados ventos de 131km/h.

No balanço de volume de chuva divulgado pela Defesa Civil de Belo Horizonte, a Pampulha foi a que mais registrou precipitações neste sábado. Na região Centro-Sul, o volume foi considerado moderado, assim como em Noroeste, Leste, Oeste e Venda Nova.

Além da tempestade, a Defesa Civil também emitiu um alerta para a possibilidade de chuva de granizo, válido até 18h deste sábado.

Estragos

Embora ainda não haja um balanço oficial de ocorrências causadas pela chuva, imagens divulgadas nas redes sociais e feitas por jornalistas do Hoje em Dia mostram estragos como queda de árvores e estruturas danificadas. No bairro União, uma estrutura  metálica voou do 14º andar do Hotel BHB, atingindo a pista do Move na avenida Cristiano Machado. Ninguém se feriu.

 

 

aa

Rua Guaicurus: árvore caiu sobre carro, mas não  houve vítimas

sss

Destelhamento em Contagem

xx

Queda de muro na avenida Abílio Machado, no bairro Alípio de Melo

 

Leia mais:

MEC vai repassar R$ 5 milhões para universidade em Minas após temporal

Temporal deixa uma pessoa morta em Viçosa

Ventos em BH chegam a 131 km/h durante tempestade e causam estragos

Céu escurece e Defesa Civil alerta para possibilidade de tempestades em BH