A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou nesta quinta-feira (26) que concluiu as investigações sobre a morte do advogado Luiz Flávio Rabelo, de 72 anos, ocorrida no dia 15 de maio, no bairro Sítios de Recreio Bonanza, em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um jovem de 19 anos foi preso e outro de 23 está foragido. Os suspeitos foram indiciados por latrocínio, roubo seguido de morte. 

De acordo com a corporação, a vítima foi assassinada com 52 golpes de faca e o corpo foi localizado na cozinha do sítio em que morava, pela empregada do advogado. Outras informações serão fornecidas pela Polícia Civil nesta sexta-feira (27).