Uma cegonheira que transportava vários carros teve dificuldade de passar debaixo do viaduto no Complexo da Lagoinha, na região Central de Belo Horizonte, na manhã desta terça-feira (3). A cena causou apreensão em motoristas e passageiros que passavam pelo local, já que a impressão que se tinha era de que a carreta ficaria agarrada na estrutura.

Mas a BHTrans, que acompanhou a operação, declarou que apesar da complexidade, o veículo de carga estava dentro dos limites exigidos por lei - de 4.5 metros de altura -, e conseguiu passar debaixo do viaduto, ainda que lentamente. Durante a mobilização, o trânsito ficou complicado no trecho, no sentido bairro/centro.

Depois que deixou o Complexo da Lagoinha, a cegonheira seguiu pelas avenidas Nossa Senhora de Fátima, Pedro II e Cristiano Machado. A empresa que gerencia o trânsito na capital mineira explicou que o tráfego de veículos pesados, aqueles acima de 5,5 toneladas ou superior a 6,5 metros, é proibido de circular nos corredores da cidade entre 7h às 9h, e das 17h às 20h. 

Como a cegonheira passou pouco depois das 9h, não cometeu nenhuma infração de trânsito. Já na área central de BH, o impedimento vale das 7h às 20h.