Representantes de diferentes setores de Belo Horizonte irão iniciar uma série de reuniões, a partir desta segunda-feira (5), na Câmara Municipal, para discutir possibilidades de mudanças no Código de Posturas da cidade. Vereadores criaram uma comissão especial para estudar o documento, em vigor há 16 anos e considerado ultrapassado em alguns pontos.

O Código de Posturas reúne regras para uso de passeios, exercício de atividades profissionais ao ar livre, instalação de mobiliário urbano, plantio de árvores, realização de eventos e até instalação de cartazes e faixas de publicidade em locais públicos.  

Na tentativa de modernizá-lo, o que poderia gerar mais empregos e renda para a cidade, seis encontros ocorrerão na Câmara Municipal, no bairro Santa Efigênia, nos dias 5, 7, 13 ,16, 19 e 26 de agosto.

A primeira reunião, prevista para as 9h30 desta segunda, vai tratar dos bares e restaurantes na cidade. Conhecida como a capital dos botecos, Belo Horizonte é dependente do setor, que reúne mais de 10 mil empresas.  

No dia 16, o tema será atividades em logradouros públicos. Em 19 de agosto, será discutido o uso de engenhos de publicidade na capital e a manutenção de ruas, praças e passeios em Belo Horizonte.