Um homem suspeito de participar do assalto à joalheria Manoel Bernardes, no Patio Savassi, foi preso na tarde desta quarta-feira (28) no bairro Pindorama, região Noroeste da capital mineira.
 
Segundo a Polícia Militar (PM), Cristiano Alves dos Santos, de 34 anos, estava foragido da prisão de São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) há três meses, onde responde por tráfico de drogas.
 
A polícia chegou até o suspeito após uma denúncia anônima. Com ele foi encontrada uma corrente de ouro, que pode ser produto do assalto à joalheria em abril deste ano. 

Assalto
 
A joalheria Manoel Bernardes, no Pátio Savassi, região Centro-Sul de Belo Horizonte foi assaltada em abril deste ano. Na ocasião, três suspeitos, sendo dois homens e uma mulher, invadiram o estabelecimento e acabaram baleando uma funcionária. 
 
A mulher e um homem bem vestidos teriam entrado na joalheria pedindo para ver algumas joias. Quando a funcionária foi pegar os objetos, a mulher fez que ia sair do estabelecimento e acabou atirando contra a funcionária. Neste momento, o homem utilizou uma marreta para quebrar as vitrines e pegar joias e relógios. 
 
O terceiro suspeito teria dado cobertura ao casal na porta da joalheria. O grupo teria recebido ajuda também de outras pessoas que estariam do lado de fora do shopping em motocicletas, utilizadas para a fuga do trio.