O cirurgião-dentista  Alberto Magno da Rocha Silva tomou posse, na noite deste sábado (16), como presidente do Conselho Regional de Odontologia de Minas (CRO-MG). Alberto Silva é natural de Conceição do Rio Verde, no Sul do Estado, e é formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ele está à frente da presidência do órgão, que congrega 56 mil profissionais de odontologia, pela segunda vez e fica no cargo até 2021.

A cerimônia foi realizada no Hotel Dayrell, no Centro de Belo Horizonte, e contou com a presença de conselheiros do órgão, familiares, cirurgiões-dentistas, representantes da Polícia Militar e da Prefeitura de BH, além da cantora Gretchen, que faz tratamento com um renomado cirurgião-dentista de BH, especialista em harmonização facial, uma das grandes apostas do setor.

Segundo Alberto Silva, a expectativa para este segundo mandato é  trabalhar para a democratização dos serviços de saúde bucal no Estado. "O nosso desafio é trabalhar junto ao poder público na prevenção de diversas doenças graves que poderiam ser evitadas com o devido cuidado com a saúde bucal", destaca. 

Durante o evento, ele ressaltou que uma das propostas da sua gestão é empenhar esforços para sensibilizar os governos federal, estadual e municipal da importância de políticas públicas nesta área. "Nós queremos evitar que as pessoas fiquem incapacitadas. Além disso, fica mais barato prevenir do que tratar o problema", lembro.

Silva também quer dar continuidade ao combate do exercício ilegal da profissão. Nos últimos dois anos, fiscalizações do órgão foram responsáveis por mais 20 prisões em Minas. "Nós não podemos deixar profissionais ilegais colocarem a saúde da população em risco", enfatizou.

Outra bandeira do CRO-MG é a qualidade do ensino. “Nós precisamos ser ouvidos e consultados sobre a abertura indiscriminada de escolas. Além disso, a fiscalização tem que ser mais efetiva para que possamos cada vez mais melhorar a qualidade dos profissionais que vão para o mercado”, explica.

 

 

Harmonização facial

E os avanços e popularização de tratamentos também são metas da nova gestão. Uma técnica que, segundo os especialistas não é nova, mas que tem ganhado cada vez mais espaço, é a harmonização facial, que consiste, como já diz o nome, em harmonizar os traços faciais, resgatando a autoestima dos pacientes. "É um tratamento sem dor e sofrimento que corrige imperfeições e deformidades. Proporciona melhor qualidade de vida e traz mais alegria e confiança para as pessoas", explica o presidente do CRO-MG.

Foi o que aconteceu com a eterna rainha do rebolado, a cantora Gretchen. "A odontologia me ajudou a resgatar a alegria de viver", revela a artista, que faz tratamento na capital mineira com o cirurgião-dentista Igor Alves, que já realiza o procedimento há 10 anos.

Segundo o especialista, o tratamento é minimamente invasivo e envolve o uso de técnicas de preenchimento com ácido hialurônico, associado à toxina botulínica, que são aplicados em pontos específicos da face. "Antes de tratar a Gretchen eu já tinha 6 mil clientes. O preço do tratamento depende do que será feito em cada pessoa, e não é só artista ou famoso que pode fazer", explica Alves.

 

 

Leia mais:
Gretchen comemora harmonização facial com profissional de BH
Para ficar bem na foto: selfie 'perfeita' eleva demanda por procedimentos estéticos