A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na madrugada desta segunda-feira (21), uma carga de 35 mil cigarros falsificados na BR-365, em Pirapora, no Norte de Minas. O caminhão que transportava a carga estava sendo escoltado por um Gol, o que levantou as suspeitas dos agentes. Um casal foi preso. 

Segundo a PRF, durante a abordagem, os dois ocupantes do caminhão, o motorista e uma mulher, se mostraram muito nervosos e deram versões desconexas sobre a carga à polícia. Para comprovar a veracidade dos produtos, eles chegaram a apresentar uma nota fiscal, mas era relativa a uma carga de açúcar. 

No caminhão estavam 35 mil maços de cigarros paraguaios, o que renderia, considerando o valor do maço a R$ 7,00, o total de R$ 245.000. Além disso, a polícia também apreendeu R$ 700 e um celular que era utilizado para alertar sobre a presença da fiscalização da rodovia. 

O motorista e a passageira foram presos. Já o motorista do Gol, que fazia a escolta, conseguiu fugir. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Montes Claros. 

Leia mais:

Receita bate recorde em apreensão de mercadorias irregulares
Receita Estadual apreende 36t de fumo clandestino em Nova Serrana
Venda de cigarro ilegal em Minas dá prejuízo de R$ 384 milhões aos cofres públicos