Usuários do metrô de Belo Horizonte enfrentaram dificuldades no embarque e no desembarque nas estações Vilarinho e Floramar, na manhã desta segunda-feira (30). Através do Twitter, passageiros relataram problemas mecânicos no sistema de transporte sobre trilhos e uma espera de até 40 minutos para poder seguir viagem, além da superlotação.

De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Belo Horizonte, a quebra de um suporte na rede aérea que gera energia para os trens provou a paralisação de um par de trilhos fazendo com que as viagens entre as estações Vilarinho e Floramar fossem realizadas em apenas uma via, obrigando os passageiros a fazer baldeação na estação Floramar, tanto para seguir viagem para sentido Eldorado, quanto para chegar até a Vilarinho.

Ainda de acordo com a CBTU, o problema foi corrigido e a situação normalizada às 7h. O intervalo entre as viagens, que normalmente é de seis minutos no período, passou para oito.

Em nota, a CBTU informou que a falha que provocou os atrasos e a baldeação na manhã desta segunda-feira foi constatada desde o início da tarde de domingo (29), e que os reparos foram iniciados às 12h50 na estação Vilarinho e às 18h nas estações Floramar, Waldomiro Lobo e Primeiro de Maio, levando ao fechamento das referidas estações nos horários mencionados para a realização dos trabalhos de manutenção.

A CBTU informou também que possui um serviço de atendimento ao usuário através do telefone (31) 3250-9000, que pode ser usado para tirar dúvidas sobre horários das viagens e até para apresentar justificativas de atrasos no trabalho ou em outros compromissos.

Manutenção

Nesse domingo (29) a CBTU realizou manutenção de trilhos entre as estações Minas Shopping e José Cândido da Silveira durante todo o dia e o intervalo entre as viagens foi de 15 a 18 minutos.

Veja alguns comentários dos usuários do metrô de Belo Horizonte postados no Twitter nesta segunda-feira (30):