A Polícia Militar matou um homem que fazia uma mulher refém numa loja de calçados no Centro de Belo Horizonte nesta terça-feira (6). A vítima teria ficado sob a mira de um revólver por mais de uma hora.

De acordo com a PM, o suspeito teria assaltado uma loja na Avenida Augusto de Lima, no Barro Preto e fugido a pé pelas ruas do Centro da capital após trocar tiros com a polícia. Na sequência, ele entrou em outra loja e rendeu uma pessoa. 

A ação chamou a atenção de vários curiosos, que acompanhavam o desfecho do sequestro. O trânsito ficou fechado entre as ruas Tamoios e Carijós e homens da Rotam e do Bope tentavam negociar a rendição do assaltante. 

Ainda segundo a PM, por volta das 20h40, quando os negociadores perceberam que o homem não se entregaria e poderia atirar na vítima, um sniper, que é um atirador de elite que usa arma de longo alcance, recebeu a autorização para a atirar. O disparo acertou a cabeça do criminoso, que morreu na hora.