Cerca de 25 funcionários da Via 040, concessionaria que administra o trecho Anel Rodoviário que cedeu nesta segunda-feira (12), trabalham ininterruptamente, desde a tarde, para liberar o quanto antes o viaduto sobre a Via Expressa, no bairro Camargos, região Oeste de BH, onde há uma imensa cratera que provocou a interdição do trecho.

De acordo com a BHTrans, a previsão é que o local seja liberado apenas na tarde desta terça-feira (13). Os trabalhos de recuperação da via serão feitos durante toda madrugada. Até que esteja pronta a obra de restauração, o trânsito no sentido Rio de Janeiro segue sendo desviado pela pista marginal.

Segundo a concessionária que administra o trecho, as causas do incidente seriam as chuvas acima da média neste mês. "O trabalho será realizado de forma ininterrupta, inclusive durante a madrugada, para que o tráfego seja liberado no menor tempo possível. A causa do problema foi volume atípico de chuvas, entretanto, cabe ressaltar que o afundamento no asfalto aconteceu fora da estrutura do viaduto”, informou por meio de nota.

Ao longo da tarde, motoristas enfrentaram horas de congestionamento no trecho, com o engarrafamento chegando até a região do viaduto São Francisco. A orientação é para os motoristas evitarem o local pelo menos até o fim da manhã desta terça. Uma nova previsão de liberação da pista deve ser divulgada pela BHTrans e Dnit após a madrugada de trabalhos.

Leia mais:
Pista de viaduto no Anel Rodoviário sobre a Via Expressa cede e trânsito é interditado