O Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindmetro-MG) decidiu nesta terça (29) fazer uma greve geral, por tempo indeterminado, a partir do dia 11 de setembro em Belo Horizonte, caso a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) não ofereça melhores condições salariais para a categoria. 

Segundo a diretora do Sindmetro-MG, Alda Lúcia Fernandes dos Santos, uma reunião com a CBTU está marcada para o dia 4 de setembro e, depois, no dia seguinte, 5 de setembro, o Sindicato fará uma nova assembleia para avaliar a oferta e bater o martelo sobre a greve. 

"A intenção do sindicato é parar o serviço por tempo indeterminado caso a CBTU não nos ofereça uma proposta melhor do que o reajuste de 0% nos salários", informou a diretora. 

Ainda segundo Alda Fernandes, o Sindicato quer um reajuste de 12,29% nos vencimentos. 

Até o fechamento da reportagem, não conseguimos falar com a CBTU. 

Leia mais: 
Metroviários de BH decidem nesta terça-feira se entram em greve