Os bandidos que participaram do roubo a instrumentos e equipamentos musicais do estúdio onde estava sendo gravado o CD da Orquestra de Ouro Preto estão sendo caçados pela polícia. O crime aconteceu na quinta-feira (30) no bairro União, região Nordeste de Belo Horizonte.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o dono do estúdio, um homem de 49 anos, contou que após a finalização do trabalho o material seria levado por um caminhão-baú para outro endereço. Porém, o motorista, de 38 anos e o assistente, de 35 anos, guardavam os equipamentos quando foram rendidos e feitos como reféns pelos criminosos. Os bandidos fugiram levando o material avaliado em R$ 500 mil.

As vítimas mantidas como reféns no baú do caminhão só foram abandonadas momentos depois em uma estrada de terra no município São José da Lapa, na Região Metropolitana de BH. Buscas foram realizadas na região, mas até o momento nenhum suspeito foi detido.

Apelo

O crime está repercutindo nas redes sociais e os músicos estão mobilizados para recuperar os instrumentos roubados, como guitarras, violão, televisores e celulares.