A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) informou nesta segunda-feira (16) que está com licitação aberta para a criação de um novo sistema suplementar para atendimento aos moradores do aglomerado da Serra, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Nesse sábado (14) os moradores participaram de um protesto pelas ruas do aglomerado. Integrantes do Movimento Tarifa Zero realizaram o projeto “Busão Comunitário”, que tem como trajeto a avenida Jefferson Coelho da Silva, conhecida popularmente como avenida do Cardoso, próximo a Praça de mesmo nome, passa pela avenida Mem de Sá, até a estação do metrô Santa Tereza, na região Leste da cidade.

A BHTrans informou que a nova linha, em processo de licitação atenderá a comunidade nesta localidade. Ainda não há data para o início da operação, que necessita, primeiramente, a conclusão da licitação do sistema suplementar.

Segundo o Movimento Tarifa Zero, o projeto, que começou no ano passado, tem o objetivo de criar uma linha para o atendimento à comunidade.

Segundo a integrante do Movimento Tarifa Zero, Juliana Galvão, o trajeto atende os anseios dos moradores. “Há quatro meses estamos estudando a demanda da comunidade que pede a ampliação no atendimento das linhas que atendem vilas e favelas”, explica.

Para a próxima sexta-feira (20), o “Busão” segue em direção à BHTrans para levar o pedido da comunidade a respeito da criação de uma nova linha.

Leia mais:
'Busão Comunitário' circulará gratuitamente no aglomerado da Serra no próximo sábado