O corpo de uma menina de 5 anos desaparecida há uma semana em Carmo da Mata, na região Centro-Oeste de Minas, foi localizado na tarde desta sexta-feira (18) na zona rural do município. As pistas sobre o local foram fornecidas pelo padrastro da criança, preso como principal suspeito do crime. De acordo com a Polícia Civil, será realizada uma necropsia para esclarecer o que provocou a morte de Ana Clara Gonçalves. 

A menina foi vista pela última vez há exatos sete dias, após um desentendimento com a mãe. O padrastro dela, que tem 27 anos, é um dos principais suspeitos do crime. Conforme a Polícia Civil, ele teria dado informações sobre locais onde a garota poderia estar. Não há, no entanto, confissão do crime. 

Em nota, a Polícia Civil informou que a menina foi encontrada enterrada em uma mata conhecida como Matinha de São Bento. O corpo foi retirado do local no fim da noite desta sexta-feira e já está sendo necropsiado. 

Em depoimento, o suspeito disse que a morte da garota foi acidental. Ele está preso desde a data em que o desaparecimento foi comunicado à polícia. 

De acordo com a corporação, os laudos periciais são aguardados e as investigações seguem em andamento.