Após acomodar o Reino Unido, que desembarcou na cidade no fim de semana, Belo Horizonte receberá nesta terça-feira (26) mais uma delegação estrangeira para a Olimpíada: a seleção feminina de futebol da França.

Alvo constante de ataques terroristas, o país europeu terá atenção especial da segurança brasileira. Seguindo o planejamento desenvolvido pelo serviço de inteligência da Polícia Militar, os atletas europeus serão diariamente escoltados pelo Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) e protegidos por outros comandos da corporação mineira.

Polícias reforçam contingente para garantir segurança de delegações em Minas

De acordo com o tenente-Coronel Giovanne Gomes, comandante da Rotam, os treinamentos para essa operação são realizados desde janeiro, e cada delegação terá um protocolo único. “Para cada número de atletas existe um procedimento específico de escolta. A quantidade de policiais e viaturas nos trajetos (aeroporto-hotel e hotel-treinos) depende disso”.

Ainda segundo o comandante, além do efetivo atual, a Rotam recebeu reforço de 80 motociclistas oriundos da região metropolitana. Aeronaves das Forças Armadas e da Polícia Militar também sobrevoarão a cidade neste período olímpico.

Estados Unidos

Depois de amanhã será a vez do desembarque da delegação dos Estados Unidos na capital. No mesmo contexto de ameaça terrorista da França, a equipe norte-americana também receberá atenção especial da PM. 

Nova Zelândia e Colômbia, que também ficarão em BH, seguirão protocolos menos alarmantes.