A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) voltou a ser bem avaliada em dois rankings que classificam as melhores instituições de ensino superior da América Latina. A Universidade de São Paulo (USP) lidera ambas as avaliações.

No Latin America University Rankings, da Times Higher Education (THE), a UFMG ficou com a sétima colocação, atrás de outras quatro escolas brasileiras e duas chilenas. Já no Universidade QS Rankings: América Latina, a instituição mineira ficou na 14ª Colocação.

O Latin America University Rankings 2016 avalia 13 indicadores de performance , assim como a versão mundial do ranking, mas com algumas adaptações à realidade latino-americana. Quadro de professores, pesquisa, transferência de conhecimento são alguns dos parâmetros utilizados para as avaliações. Com 23 dos primeiros 50 lugares, o Brasil é o país mais bem representado no estudo, incluindo metade das 10 principais instituições.

Já o Universidade QS Rankings: América Latina avalia a reputação, reputação dos funcionários, frequência dos estudantes, publicações, número de doutores entre outros. Das 15 primeiras, sete são brasileiras.

Leia mais

Universidades particulares fomentam pesquisas com recursos próprios
Robôs projetados por alunos da UFMG participam de 'caça ao Aedes aegypti
UFMG é uma das 10 faculdades mais prestigiadas da América Latina, afirma estudo