A Polícia Civil deslocou cerca de 40 agentes para uma grande operação na manhã desta segunda-feira (9) no bairro Olhos D'Água, região do Barreiro, para prender os responsáveis pelo hojmicídio de Rômulo Nonato Rodrigues Ferreira da Cruz, morto no dia 28 de janeiro no Morro do Papagaio, Zona Sul da capital.

Com apoio de helicópteros e do canil, a polícia conseguiu prender um homem que faz parte de uma gangue envolvida com mortes e tráfico de drogas na região. Com o preso de 19 anos foram encontrados uma pistola calibre .40 com munições, pinos para embalar cocaína e aparelhos celulares. Outros alvos, como o líder da organização conhecido como Barriga conseguiram escapar.

De acordo com o delegado que coordenou as investigações Felipe Forjaz, a motivação para o crime seria um desentendimento entre vítima e investigados, visto que os mesmo pertenciam a gangues rivais que atuavam no bairro Olhos d’Água. Rômulo teria, inclusive, se mudando daquela região em virtude dessa briga.