Quatro mandados de prisão temporária e outros cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos na quarta-feira (8).

A investigação apurava diversos crimes de estelionato e roubo de cargas praticados por uma associação criminosa que atuava na cidade de São Paulo e na região Metropolitana de Belo Horizonte.

Os levantamentos iniciais indicam que os golpes totalizam pelo menos R$ 2 milhões.

A operação batizada “Carga Pesada” conseguiu descobrir que o golpe envolvia a simulação de compra de mercadorias diversas com a utilização de documentos e notas falsas que eram desviadas durante o transporte para o falso comprador e revendidas, sem que a empresa fornecedora fosse paga pelos produtos.

Os suspeitos foram presos em Uberlândia, município do triângulo mineiro, onde o balanço da operação será divulgado pelo delegado Eduardo Figueiredo.