Quinze integrantes de uma quadrilha especializada em desviar e furtar dinheiro de contas bancárias foram presos pela Polícia Civil, nesta semana, em Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

O grupo criminoso, conforme a corporação, agia em todo o Brasil e causou prejuízo de aproximadamente R$ 6 milhões. Os suspeitos foram presos durante uma megaoperação denominada "Apate".

As prisões ocorrem em Belo Horizonte, Juiz de Fora, Confins e Três Rios, no Rio. Com a quadrilha, os policiais apreenderam três veículos, dinheiro, centenas de cartões bancários, equipamentos de informática e celulares.