Um monitor de informática de 20 anos foi preso na noite desta quarta-feira (17) suspeito de violentar sexualmente um menino de 12 anos.

Segundo boletim de ocorrência da Polícia Militar, o rapaz é funcionário da mesma escola onde a criança estuda - localizada no Barreiro.

O suspeito foi detido depois que o tio do menino ouviu gemidos vindos da garagem da família da vítima e, ao chegar ao local, assistiu o menino ser abusado pelo rapaz que é vizinho da família da vítima.

O homem conseguiu fugir do local, mas voltou minutos depois para buscar a mochila que esqueceu na garagem. Só então, familiares do garoto conseguiram conter o suspeito até a chegada da polícia.

À PM, o suspeito negou qualquer envolvimento sexual com o menino e se colocou à disposição para realizar exames de corpo de delito. A criança, no entanto, confirmou a versão do tio alegando que foi abusada outras vezes. A ocorrência foi encaminhada até a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depcad).