Uma mulher de 48 anos que ficou dez dias mantida como refém em Poços de Caldas, no Sul de Minas, foi resgatada pela Polícia Civil. Cinco suspeitos de cometer o crime foram presos. Conforme os investigadores, os bandidos chegaram a pedir resgate de R$ 800 mil, mas o valor não foi pago pelos familiares da vítima.

O sequestro aconteceu na última terça-feira (19), na casa da mulher, no bairro Estância Poços de Caldas. De acordo com a polícia, os suspeitos interfonaram na residência procurando pelo marido da vítima, com a desculpa de que iriam arrumar a moto dele.

Após a mulher falar que o esposo não estava no imóvel, um forte barulho foi ouvido e o filho, que estava na casa, viu a mãe sendo levada por dois homens. Logo após o crime, a polícia foi acionada e prestou orientações à família.

Os parentes chegaram a receber duas ligações dos suspeitos. A prisão dos suspeitos aconteceu durante diligências e depois de testemunhas visualizarem dois veículos passando na rua em que a vítima mora, sendo  um Chevrolet/Celta, prata.

O carro foi rastreado pelos policiais, que descobriram se tratar do mesmo utilizado para o sequestro. Dois dos suspeitos foram identificados e presos na quinta-feira (28), data em que a vítima foi resgatada. Os foram detidos nesta sexta-feira (29).